quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Amor ♥


“Nos anos 70, Marina Abramovic viveu intensa história de amor com Ulay. Quando sentiram que a relação já não valia, decidiram percorrer a Grande Muralha da China, dar um último grande abraço e nunca mais se ver. 23 anos depois o MoMa de NY dedicou retrospectiva a sua obra. Nela Marina compartilhava 1 minuto de silêncio com cada estranho que sentasse a sua frente. Ullay chegou sem ela saber, e foi assim ... 




The New Yorker
A carreira de Marina Abramovic divide-se em três períodos: antes, durante e depois de Ulay, pseudônimo de Uwe Laysiepen. Ele era filho de um soldado nazista, nascido no dia 30 de novembro - mesmo dia de Marina - de 1943, em um abrigo antiaéreo em Solingen, cidade industrial da Westfália que sempre produziu a famosa cutelaria alemã: primeiro, espadas, e depois, facas e navalhas. Aos 15 anos, Ulay ficou órfão e teve que se virar sozinho. Marina o encontrou no dia 30 de novembro de 1975. O dono de uma galeria em Amsterdã pediu que ele a buscasse no aeroporto e ajudasse na logística da filmagem da performance Thomas Lips para a TV holandesa. A química entre eles foi imediata. As primeiras impressões dela foram de uma pessoa alta, magra como um astro do rock e excentricamente estranha. "Ele tem um rosto de coração", ela lembrou, aludindo à dualidade do órgão. "Metade é de um homem duro, que não se barbeia, com cabelos curtos. A outra metade está maquiada, com longos cabelos e, como eu, prende-os com pauzinhos." Até então, a arte de Ulay resumia-se em autorretratos com uma Polaroid, documentando suas experiências com mutilação - piercing, circuncisão, tatuagens - e uma obsessão com o duplo: a dualidade macho/fêmea.
Muralha da China
Naquela noite, após um jantar turco - ele mostrou o diário dele, ela mostrou o dela. Ambos haviam arrancado a página de seu aniversário, coisa que ela encarou como um sinal cármico -,ela me disse: "Fomos diretamente para a casa dele e ficamos na cama durante dez dias". E acrescentou: "Quando voltei para casa, fiquei desesperada de amor e não conseguia andar ou falar". Ela estava casada, naquela época, com um colega da Academia de Belas Artes de Belgrado, mas essa união era um tanto estranha. Cada um vivia com seus próprios pais, e Marina tinha um rígido toque de recolher: dez horas. (Eles se divorciaram em 1977.) A mãe de Marina chamou a polícia quando a filha "fugiu" alguns meses mais tarde, aos 29 anos, para reencontrar sua alma gêmea.
Marina e Ulay fizeram arte simbioticamente durante 12 anos nômades, entre 1976 e 1988. Passaram um ano inteiro com aborígenes no deserto australiano. Amsterdã era sua base, mas sua casa na estrada, na Europa, era uma van. A união dos dois também passou por muitas surras e curativos, mas, no fim, não resistiu às exigências da intensa proximidade, de feridas primordiais ou da discrepância de ambição sugerida por Ulay em um e-mail. "É muito importante entender o quanto Marina investe em sua carreira artística. Isso é sua vida", escreveu. "Esse é um dos motivos pelos quais ela nunca quis filhos." A separação foi devastadora para ela, pois conseguia enfrentar qualquer revés, exceto o abandono. Marina ainda acredita no amor verdadeiro e dispensa a afeição com a mesma intensa determinação que a deseja. Mas refletiu: "Todos se esforçam tanto para começar um relacionamento e tão pouco para acabar com ele". No dia 30 de março de 1988, Marina e Ulay fizeram sua última performance. Ela começou a caminhar pela Muralha da China vinda do leste, nas montanhas, e Ulay saiu do oeste, em um deserto. Após três meses, e milhares de quilômetros, encontraram-se no meio e se deram adeus.













terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Arthur Conley


Música boa ! 


Compra no Ebay !


Meu Pai escolheu esse relógio Casio G-Shock e eu fiz a compra e escolhi o melhor vendedor. O preço foi de 70 dólares mais 13 do frete. Sabia que o produto seria tributado - e foi, mais 60 reais. Mesmo assim, valeu a pena, já que esse relógio por aqui custa beeemm mais caro. O vendedor é esse para quem quiser comprar um relógio :)




Gostei desse:





68,4


Ok. Já pesei 99 e estou em vantagem, mas esse peso para alguém com 1,59 faz toda diferença. Preciso batalhar mais para chegar mais perto dos cinquenta e uns ...



segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013


Quando, por exemplo, a papinha está esfriando e meu bebê fica "ansioso", ligo a galinha pintadinha no meu computador e ele se acalma na hora. E agora, tenho uma tática para satisfazer mamãe e bebê,. Divido a tela do meu monitor, que é bem grande, em dois. Metade é dele com a Galinha Pintadinha e metade é meu com o que eu quiser. Ontem, eu fiz isso e comecei a assistir "The Walking Dead", mas achei um pouco impróprio quando o zumbi magrelão apareceu atrás da loira, risos. Aí desencanei. Hahahaha. 

Não sei o que acontece. Já coloquei de tudo que possam imaginar para ele assistir: Pato Donald, Mickey, Baby Einstein, Jetson, Flinstones, mas não tem jeito. Ele ama a bendita Galinha Pintadinha e eu aprendi a cantar TODAS as músicas. Das Galinhas 1, 2 e 3. Só detesto a do "um elefante incomoda muita gente ...dois incomodam muito mais". Me sinto um pouco incomodada. Hahahaha. 

Outra tática que aprendi é na hora de comer fora. Mamãe e bebê. Quando almoçamos fora, faço um prato só para os dois e coloco - quase - o que como normalmente sozinha e deixo ele comer o que quise e eu como menos e ambos ficamos satisfeitos e eu emagreço. No almoço, ele já come comida normal e na janta ainda faço papinhas de tudo e muito substanciosas. Está dando muito certo. 

Olha a cara da papinha de tudo com frango desfiado:






Preciso colocar tanto filme em dia e com o Oscar então ... estou bem atrasada. E The Walking Dead ! Ainda estou na segunda Temporada. Adoro. 

Voltando ao Oscar. Adoro. Passei em frente ao Teatro do Oscar e pra falar a verdade aquela região Blv Hollywood tem muito menos glamour ao vivo :) 


 Teatro do Oscar

Hollywoody






Oscar 2013, as mais lindas ! (A mais mais pra mim é a Charlize)




 maria-menounos-mario-lopez-oscars-2013-red-carpet-01charlize-theron-oscars-2013-red-carpet-0385th Annual Academy Awards - Arrivalsamanda-seyfried-oscars-2013-04amy-adams-darren-le-gallo-oscars-2013-red-carpet-0185th Annual Academy Awards - Arrivalssandra-bullock-oscars-2013-red-carpet-0385th Annual Academy Awards - Arrivalsnaomi-watts-liev-schreiber-oscars-2013-red-carpet-0385th Annual Academy Awards - Arrivalsjennifer-aniston-oscars-2013-red-carpet-01jennifer-lawrence-oscars-2013-red-carpet-0185th Annual Academy Awards - Arrivals85th Annual Academy Awards - Arrivals










terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Nesses dias de calor extremo não sinto vontade de comer. Gosto de tomar um suco de laranja, salada de frutas, um iogurte ... , mas comer comida mesmo, não. E estou com mania de experimentar a comidinha do bebê antes de dar para ele. Como uma garfada, dou a comida para ele e depois não sinto mais fome. Isso é óoootimo.



- O que faz para acabar com os pernilongos ? Não acho mais aquele desinfetante com citronela para comprar. Qual a dica de vocês ! Vela com citronela ?





Fofo.

 



No Parque.


No Parque.



sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Gosto !

O que vejo no  You Tube quase sempre:
Gosto de oldies.
E de pouca coisa nova.
Parece que tudo de bem antes era tão melhor !
E adoro os anônimos :)



La la la la la la la means I Love You, talvez seja a minha música favorita. Essa música me dá uma negócio tão bom ! Conheci pelo filme Family Man com o Nicolas Cage. (Sou doida por trilhas de filmes) e desde então essa música faz parte do meu playlist e conheci muita coisa dos DELFONICS banda mais que demais 

Então na ordem que eu conheci.

No filme: 












Outro filme que me mata:  Pontes de Madison ! É lindo demais :) E essa cena aí, impossível não se emocionar. E nele aprendi a AMAR a 





Lembra que falei que gosto dos anônimos ?






E o Billy Ocean ! (Todo Mundo Odeia o Chris, a Tônia é fã ! E eu virei)








Outros queridos !


- Essa eu adoro cantar aquele trecho no meio da música, sabem ? 

I wanna be high, so high
I wanna be free to know
The things I do are right
I wanna be free
Just me! Whoa, oh! Babe!





Tá ! Uma das "novas" que vou te falar, viu ! E esse vocalista é um gato, hehe.








Agora de tudo que adoro ! 






quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Ia desabilitar os comentários do blog porque tem uma minoria de mulher mal amada que não deixa de visitar o blog um dia sequer, mas "odeia" o que escrevo e deixa comentários deselegantes e maldosos. Por outro lado, tem tanta gente legal e positiva que me deixa lindas mensagens que seria injusto não ter a possibilidade de ler !