quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Queria estar presente em frente ao palco.
Muito.


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Grego BATAVO: REPROVADO

Muito ruim. O melhor é mesmo o da Nestlé.


- Posted using BlogPress from my iPad

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Dei uma balança de presente para a minha sogra, que precisa engordar. Aliás, o gene da família do meu marido é dos "magros pra sempre". O segredo nem é a genética, mas comer só para sobreviver e é assim que eles são. Não sentem esse meu prazer em comer. Para ele basta um peixinho, um brocolinho e uma melancia e pronto. São e serão assim pra sempre. Aí todos se pesaram. Minha sogra pesa 39, meu sogro 41, minha cunhada 40 e meu marido 58. Minha cunhada diz que só come pra sobreviver mesmo, porque não gosta. O lado bom disso, que aprendi a gostar muito de frutas e não troco nenhum doce por um belo pedaço de melancia geladinha. Os japoneses comem saudavelmente e gosto disso. O meu bebê japa é bom de garfo como a mãe, mas espero que se alimente direito como a família japonesa dele. Porque ninguém merece ser gordo. Puta porre.




Japonês gosta de comer a comida "separadinha". Acho fofo esse jeitinho:  離乳食












- E a Lu Francesa teve um bebê ! Lucas ! Que alegria :) 

- O blog agora está sem comentários. Me sinto mais livre. 平和

- Adorei:

mike boon, muppet alphabet



(Ele é ótimo)









sexta-feira, 13 de setembro de 2013



35 anos. Mãe. Recomeçando mais uma vez.

59 aqui vou eu.


(...) em andamento 

Justificativa.

Motivos pelos quais não peso 59











ALMOÇO UM POUCO MELHOR

Um almoço antes do endocrinologista

A OUTRA

Esqueci

O endocrinologista de ontem me falou algo importante: Nunca devo comer "o que sobra" da comida do meu bebê. Ele tem a comida dele, o prato dele e eu o meu. Sempre que possível devo comer antes dele e só depois o alimentá-lo. Faço exatamente o contrário.





BALANÇA - Por falta de balança eu não deixo de emagrecer. O Representante da Beurer mandou a nova em substituição a outra com defeito e mandou outra "de brinde" de uma marca que não conheço, mas ele é super bacana porque acende e dá para ver o peso à noite e calcula quinhentas coisas. Agora tenho uma no quarto e outra no banheiro. Assim que elas indicarem 59 vou doar para alguém. 


PESO - Meu peso está 5 quilos a mais que no final da gravidez. Nada bom. E não vou ficar contando meu peso dia-a-dia aqui como fiz várias vezes, pois me sinto pressionada quando a coisa não acontece da forma como deveria acontecer. Então, quando eu estiver com 66 quilos contarei aqui. 











quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Endocrinologista

Durante a vida toda devo ter conhecido dois endocrinologistas, isso há uns 20 anos. Ambos utilizavam a mesma técnica, que obviamente não deu certo, de limitar o que eu podia ou não comer. Assim, desconsiderei a opinião desses profissionais e emagreci sozinha. Dessa vez, resolvi dar uma chance a outro profissional, que é novo e tem a mente aberta para o mundo moderno. Marquei a consulta e no início fiquei na defensiva, já que estava pedindo orientação para fazer o que já fiz. Ele me explicou a teoria da qual já tenho doutorado, risos. Mas ouvi calmamente sobre as calorias, sobre comer seis vezes ao dia,  sobre o exercício que só começa a "funcionar" trinta minutos depois de iniciado. Ótimo. Ele me desafiou: Disse que daqui quatro meses estarei com o peso desejado, esperado e adequado a minha altura (59). Senti um furacão dentro de mim em voltar lá daqui 45 dias e mostrar resultado. Ficou tudo registrado. Minha altura, meu peso e a circunferência da minha barriga. Ah, ele me pesa de costas. Disse que já havia emagrecido 43 quilos e não queria, de forma alguma, medicação. Foi assim, que ele me "prescreveu" uma simpática dieta dos pontos. Farei ainda uma série de exames para ver se está tudo OK. Fiquei feliz com a disposição dele em me ajudar. E essa projeção de que daqui a 4 meses voltarei de onde nunca deveria ter saído me deixou feliz e empolgada. 


   

60 quilos off.




Atriz Renata Celidônio emagreceu 60 quilos. Ainda pesa 90 quilos, mas olha a absurda diferença. Incrível. Método: Cirurgia bariátrica. 


quarta-feira, 11 de setembro de 2013

"É necessário sair da ilha para ver a ilha, não nos vemos se não saímos de nós."
José Saramago  (Ensaio sobre a cegueira).








segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A nova balança chegou.
Nessa sobe e já aparece o peso. Não precisa ativar. Uma belezinha.

Vamos ao trabalho !


Algumas das questões pendentes na vida:

(1) 59 quilos; (Em execução)
(2) Estudar; (Em execução)
(3) Mudar para uma ilha. (Sonho)



Estive no interiorrr e pensei tanto em tudo e, principalmente, como vivem melhor do que nós lá. vi isso:













 E nós aqui nessa cidade c-i-n-z-a.




Desculpem a ausência rotineira.
Ando ausente de mim.
Rotineiramente.