quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Schutz

Hoje tem Schutz no Privalia.
Muita coisa linda com preços bem bacanas.
Demora para chegar.
O frete que normalmente é de R$ 16,00 está por R$ 8,00 nas compras acima de R$ 150,00.
Comprei uma bota de inverno marrom.
Se tivesse visto antes teria comprado outras coisas, mas que já estão esgotadas.
Cuidado ! No site você não pode ficar escolhendo, escolhendo ... eles usam uma tática sacana de dar tempo pra você comprar ... e você, às vezes, compra por impulso. Tática de marketing. 

[Obrigada pela correção ! Escrevi o nome da marca errado ... é sem o l. Dard]

A minha bota é essa:




E se chegar e você simplesmente não gostar é só devolver no prazo de 7 dias (Art. 49 do Código de Defesa do Consumidor)

[No inverno do ano que vem terei uma bota que custa o dobro :)))]



Amor. (Via  Hypeness)


Em uma época de amores descartáveis (onde trocamos de parceiro como mudamos de roupa) essa sequência de imagens é um tapa na cara de todos nós e mais uma gigante razão para acreditar num mundo melhor.


As fotos são do fotógrafo e amigo do casal Tim Dodd, que no site dele tem mais informações. E hoje o Taylor Morris tem um site para arrecadar doações para o tratamento, mostrar seus pequenos progressos e divulgar a história pro mundo, cliquem aqui.




Pin It now!

32 comentários:

Rachel Escolhi Emagrecer disse...

Que lindo! Impossível não se emocionar!
Bjs

E a vida continua...sempre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
E a vida continua...sempre disse...

Emocionante!

Rachel disse...

Seeeem palaaavras!!! Fenomenal!!!

Bruxa do 203 disse...

Lindas mesmo as imagens!!

Gostei da bota! Acho que devolver compras por correio deve ser bem complicado e ainda tem que pagar para enviar.

Anônimo disse...

Schutz

Bruna disse...

que lindo!!

Samara. disse...

Nossa... Triste e lindo ao mesmo tempo ! Porém os maiores índices de companheirismo nesses casos ainda é das mulheres.
" O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." Coríntios 13, 7.

Fernanda disse...

Já comprei na Privalia, eles mandaram um produto errado. Foi um parto para devolver, mas no fim deu tudo certo... rs

Lindas fotos e uma lição de vida!

Bjs

Daniela disse...

Amiga tbm comprei schutz na privalia hoje!!! Um peep toe rosa, lindo lindo! Mas paguei 22,00 o frete :/


Que linda essa história, nossa!!!! Isso é que é amor de vdd!

Beijossssssss

Anônimo disse...

Lindo mesmo! E o mais incrível é que a alegria de antes continuou estampada em seus rostos. Mas infelizmente, como bem diz a Samara, essa atitude de companheirismo parte mais da mulher. O homem ou arrega, ou cuida, mas por obrigação, desaparecendo o sentimento que o unia a ela (já ouvi um relato em que o cara dizia cuidar por se sentir responsável pela pessoa, que havia se tornado inválida, mas que o sentimento era de irmão). E não é isso que transparece nas fotos, parece que de fato eles continuaram a vida juntos, mesmo com tamanhas dificuldades.

Iara.

Ro e Va Monteiro disse...

Lindo , fiquei muito emocionada,meu marido é militar e acbou de chegar da sua missão no Haiti,graças á Deus tudo correu bem .
bjs vanessa

Nádia Galdino disse...

Chorei com as fotos :')

Mulher HaHa disse...

Chocante...

Priscila disse...

Nossa chorei. Essa mulher ama mesmo ...

Carla Renata (A Teimosa) disse...

sem palavras... isso é amor!!!!

Jocelyn Misplaced disse...

Desculpe, Larissa, mas mais do que a força de um afeto, essas fotos me fazem pensar na estupidez dos conflitos armados e no enriquecimento da indústria de armas às custas da vida de milhares de pessoas. Um dia vi uma frase muito bacana que dizia que as guerras só deveriam ser permitidas se as mães de todos os soldados de todos os exércitos votassem a favor.
A força de vontade dele é incrível, a força dela então, nem se fala, mas pensar que esse tipo de coisa é evitável (ou deveria ser) obscurece a beleza da cena, pelo menos para mim.

Anônimo disse...

Tambem nao vi beleza.
Vai saber qtos ele nao matou na guerra ou nao deixou na mesma situacao q ele ??

Andrea

Renata Martins disse...

lindo demais Larissa..

Nicole disse...

Linda história e nos faz pensar que reclamamos de barriga cheia o tempo todo!

beijos

Estrela disse...

Lágrimas nos olhos...
Beijos.

Joice Abreu disse...

Não contive as lágrimas, isso que é amor de verdade, é ser companheiro em todos os momentos, muito lindo mesmo, serve para refletirmos sobre como estamos cuidando daqueles que amamos.

Tyta disse...

Lindas fotos e emocionante história...Eu JAMAIS deixaria meu marido numa situação dessas, meu amor continuaria o mesmo... Tenho certeza disso!

LUCIANA MACEDO disse...

Concordo com o comentário das meninas que disseram do companheirismo de mulher. Um homem não suportaria isso mesmo!!!!

Larissa disse...

Nossa, Larissa... Tenho certeza de que muita gente não entende mesmo o que é amor de verdade. Vida a dois não é mar de rosas, e uma vez comprometidos, o negócio é enfrentar juntos os perrengues da vida. Linda história, belíssimas imagens. Ainda há esperança no mundo. Beijos.

Flavia Santini disse...

esse post me levou ao link http://www.buzzfeed.com/summeranne/the-50-most-romantic-photographs-of-all-time
de chorar de tao lindas!
xx

Anônimo disse...

é lindo o fato da moça continuar ao lado dele, independente do que aconteceu, mas é triste ele ter ficado assim por uma coisa tão sem sentido que é a guerra.

cintia disse...

Eu vivo isso na pele... Sou esposa de um rapaz tetraplégico há 6 anos... Há 10 me apaixonei loucamente por ele e fui correspondida só um tempo depois... As pessoas acham lindo, mas o dia a dia não é fácil, deixo de fazer muitas coisas para estar ao lado dele, mas até hoje não desisti de viver este amor. Acredito que sou uma privilegiada em ter um sentimento tão lindo por alguém, mas sou um ser humano comum e por vezes choro a minha dor de amar alguém tão dependente, tão incapacitado... Mas confio em Deus e acredito que algo maior está por nos esperar! Ah em relação à guerra, ele pode não ter escolhido ir, apenas TEVE que ir. Certamente não foi ele quem iniciou esta guerra estúpida (como todas as outras). Abraços pra ti e pro bebê!

Anônimo disse...

Queria ver uma história invertida dos personagens...

Regiane disse...

Tive que chorar !

Taty. disse...

Engraçado pq filhos de políticos americanos nunca vão para a guerra. É como disseram acima, isto tudo poderia ser evitado se não fosse pela cultura de que lutar pelo país é ser um herói. Acho que o moço acima deve se sentir um privilegiado, e não uma vitima da ignorância da guerra.

Pollyanna Souza da Silva disse...

Deus! Só isso explica a presença de amor, carinho e dedicação do casal, um com o outro. Ela por cuidar dele, e ele por aceitar esse amor co humildade!!!!!