sexta-feira, 9 de agosto de 2013

A comida e o gordo.

Quando estava bem gordona, perto dos 100 quilos, achava a coisa mais deliciosa do planeta comer pão de forma com maionese e chegava a comer meio pacote de pão tranquilamente num dia. Após o emagrecimento, meu paladar mudou bastante e passei a perceber que o gordo supervaloriza o sabor da comida e uma comida comum passa a ser surpreendentemente deliciosa. Aí foi que percebi que pão com maionese na verdade não é tão bom assim e que para ser saboroso mesmo (e valer a pena). É preciso de alface, queijo, peito de peru, orégano ... sabor. Nem todo chocolate é tão bom quanto parece, nem toda pizza é deliciosa assim. Aprender a identificar essas nuances ajuda e muito no processo de emagrecimento porque engordar de forma tão medíocre é ridículo. Se for para comer um chocolate, que seja um de "verdade", pizza, "aquela pizza". Outro dia, a Gabi (Mulher Pneu) postou em seu Instagram a foto de um prato lindo com abacate, morango, uva e mamão papaya, delicioso. Às vezes, a forma de preparar a cara do prato torna a fruta ainda mais atraente. Eu, depois de casar com descendente de japoneses aprendi a comer mais frutas e, atualmente, aprecio o sabor mais que outros doces.






Pin It now!

15 comentários:

Anônimo disse...

mas eu acredito que o engordar não é somente pelo sabor das comidas. tem todo um envolvimento emocional por trás daquelas comilanças. tem ansiedade, frustração, depressão...ou seja, as vezes come-se muito e com pouca qualidade, mas não é pelo alimento em si, mas pela calma que aquela orgia alimentar dá.

fernanda

Larissa disse...

Sem dúvida !

Nádia Galdino disse...

meu paladar melhorou MUITO depois que eu passei a comer melhor: não sinto mais necessidade de sal na salada (só azeite e, uma vez ou outra, no máximo uma colher de sobremesa de molho), não adoço sucos (a não ser os de frutas naturalmente azedas, como limão e maracujá) nem chás. Chocolate, sou apaixonada pelo amargo 70% cacau: compro uma barra Lindt e ela dura uma vida na minha "gaveta da TPM" no meu trabalho hahaha!

Tatianne Camara disse...

Eu postei estes dias no meu Face sobre isto, é preferir qualidade a quantidade. Não como em fast-foods, e prefiro guardar o dinheiro, juntar mais e comer em algum espacozinho gourmet, onde comerei menos, mas terei sabor na minha refeição.
Fora o supermercado, aquele monte de porcaria me dá enjoo.
Comprei cacau 100%, arroz, pão e macarrão integral, e nunca foram tão deliciosos, pq agora sei o quanto me faz bem, e se bem preparado tem muito mais sabor que os brancos comum.

Cláudia disse...

Tudo verdade! A gente aprende a apreciar cada sabor. Mas a compulsão estraga tudo e (pelo menos eu) enfio tudo que é porqueira goela abaixo. :(

Anônimo disse...

Penso assim tmb! Eu penso agora que se é pra ''passar'' o limite de calorias, que seja com algo que seja bom e na maioria das vezes que faça bem. Por exemplo uma pizza de 4 queijos que é a que eu gosto mais é muito gordurosa, mas a portuguesa tmb é é hiper calórica, com a diferença é que na portuguesa estou ingerindo mais vitaminas e proteína. Então prefiro ''engordar'' comendo algo que tmb ''faça'' bem de certa forma. No total perdi 10 kilos! Ainda faltam 7. Força pra nós. Beijooooossss!

Ju Nakabayashi disse...

Parabéns, Larissa! Sua historia enche de alegria nós nutricionistas. Adorei o que postou sobre o paladar. Sou nutricionista e é isso que digo aos clientes. Mudando os alimentos você muda seu paladar e aquilo que era irresistível já não será mais.
Hoje trabalho com alimentação detox e ela proporciona uma mudança muito rápida no paladar. Quem quiser saber mais aí esta http://dietarapida.alimentacaoebemestar.com/ bjs

Alessandra Lisboa disse...

poxa, vc lembrou do blog que eu sempre entrava. Da Mulher Pneu, mas não estou conseguindo entrar mais. Preciso pedir permissão. Larissa vc tem como me ajudar? Gostava tanto do blog da Gabi. Bjs!

Anônimo disse...

Saudade da Gabi. Agora mulher pneu murcho kkkkkk (infâmia mode on)

Vanessa Taís Nozaki disse...

Larissa, essa questão do paladar é totalmente verdade pra mim tb! Eu sou viciada em pães e outros carboidratos e ultimamente diminui muito e o paladar realmente mudou, sinto o sabor dos outros alimentos tb, é impressionante...
Adorei seu blog
Bj
Vanessa

www.nossodiariodetreino.wordpress.com

Joel Silva disse...

Obesidade e Perda de Peso
Um simples website sobre a obesidade e métodos de perder peso.
http://obesidadeperdadepeso.com/

Ariane disse...

Concordo muito, porem é difícil manter o controle sobre a comida, tem que haver muita foça de vontade.
http://www.receitasdebelezaverde.com.br

Anônimo disse...

Cada kilo perdido, lembro de você. E da primeira vez que entrei nesse blog, minha vontade foi imediata! vontade de cuidar de mim! Que felicidade poder buscar o que se quer. Obrigada.
Beijos

Samira! disse...

To iniciando minha dieta agora, portanto nao sei se concordo com vc , mas espero que eu concorde daqui a um tempo nao agüento mais ser dessa tamanho.
Comecei com o blog essa semana quem puder dar uma forca
Obrigado
:)

Anônimo disse...

Samira, pode ter certeza que um dia irá concordar. Eu também não acreditava, mas isso que a Larissa disse vai de encontro com essa fase boa que eu tb estou passando. É muito prazeiroso vc comer algo que curte, eu por exemplo, adoro legumes, abobrinha, sopas é como como se tivesse comendo a pizza de outrora, não que tenha deixador de comer engordantes, porém agora um pedaço bem menor já me satisfaz, e vc tem certeza que irá te fazer feliz pois além de não engordar, é gostoso e saudável ao mesmo tempo. O prazer chega a ser até maior do qdo comemos algo gostoso, porém engordante.Esse prazer é temporário, pois qdo caímos na real e nos olhamos no espelho ou colocamos aquela roupa que não nos cabe, o prazer se transforma em raiva, decepção. Samira, eu mentalizo sempre uma palavra que me impulsiona: PERSEVERANÇA. Tente que não irá se arrepender.Eliane