sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Ueba !

Não tenho babá, empregada, só uma faxineira que vem de 15 em 15 dias, mas o pesado sou eu quem faz. O meu alívio é que a roupa quem passa é ela, senão estaria perdida. Também não faço comida. Aliás, faço só para meu bebê. Compro meu almoço num restaurante bem legal por quilo aqui perto (Falo pro dono que ele é meu salvador, risos). Só as misturas e faço o arroz japa aqui em casa (Gohan). Estou aprendendo a deixar de lado a "casa impecável" e se jogar na bagunça. Por enquanto, fica tensa quando está tudo de pernas pro ar. Ah, e a janta, normalmente, é lanche.

Quando fui ao Hawaii, a casa em que fiquei hospedada era uma PUTA zona. O lema era: Viver a vida. Comiam quando dava, o que queriam, iam para a praia quando dava vontade e as crianças de 6 - 5 e 2, se esbaldavam nessa vida quase sem regras. A Leila, mãe da casa, é lindíssima. Deixava as coisas rolarem e na hora de ir ao trabalho, pegava a roupa na secadora, passava um batom, enfeitava o cabelo com uma flor e alegria ! Era assim que eles viviam. Hawaiian style. Quem tá errado, né ? risos. 

Falando no meu lado mãe, muitas mães de primeira viagem e "um dia" mães passam por aqui. Então, vou dar dicas que agora, pós sete meses, eu gostaria de saber.

- As mamadeiras de vidro da NUK são as minha favoritas. Fácil de lavar, esterilizar e não desmontam como as das MAM. Tenho uma para água da AVENT, que também é legal. Da MAM, não recomendo não ... apesar de ser a Top Seller;

- Lenços umedecidos: Huggies pacotão com 96 (Na Raia por 11 reais);

- Leite artificial: NAN. Melhor preço no Supermercado DIA, que é um supermercado de quinta categoria, mas com preços bacanas;

- Esses sabonetes para bebê são um horror e ressecam a pele dele e nossa. O melhor líquido cabeça aos pés glicerina.

- Meu carrinho é Chicco, mas hoje preferiria um mais compacto, ele é muito grande. Para colocar no carro e um drama;

- Cadeirão: Comprei da Peg-Perego, show. Comprei na loja virtual da Alô bebê;  

- Fraldas até hoje só usei da Pampers verde e não tenho do que reclamar;

- Roupinhas: Invista no que mais usa. Bodies e calças. Aqueles macacões cheios de firulas devem ser um saco para os bebês;

- No Ebay comprei Bodies da Carter´s;

- No Ali Express comprei babadores Carter´s com preços bemmmmm bons, mas parece que são produtos não aprovados pela qualidade, mas atendem ao fim a que se destinam;

- Na FNAC tem uns fantoches muito legais. Comprei o de Bombeiro.



Férias. Ainda estou pensando se viajo pra longe ou para perto. Agradeço as dicas sobre Orlando. Na lista de opções está Santa Catarina, Argentina, Rio de Janeiro, Chile ... risos. 


Bom, agora vou estudar. Bebê dorme mamãe estuda.




** Se ficar alguma palavra errada, alguma frase desconexa. Desconsiderem. Posso redigir o post com um bebê no colo, então ... tudo pode acontecer, hahaha.
*** IPad X Kindle: Para ler, o Kindle continua insuperável. Testei os dois. :)
**** Estou bem a fim de colocar em prática a ideia de ir a pé ao trabalho. Vou devagar, ouvindo um som, chego lá, dou um tapa e pronto, risos. Mas só falar não adianta nada.
***** Trabalhar está sendo divertido, apesar de tudo.



Vi por aí:










Amanhã é Dezembro ! Meu mês ! Já estou doida pelo meu dia de Larissa. Vou ao salão de beleza, almoçar num lugar diferente, me dar um presente e pronto é tudo que eu preciso.







Pin It now!

36 comentários:

Anônimo disse...

Larissa acho linda a forma como vc é geurreira e como consegue equilibrar tudo.

Dani disse...

Delícia de post!!!Vida simples e feliz! Bjs!

Lakrizia Hamlet disse...

Oi!!!!
Conselho de mae,deixe pra viajar pra lugares mais longes quando ele estiver mais crescidinho,porque bb se cansa muito e precisa do colchao ,claro que da pra curtir uma viagem legal,mas nao tanto como quando ele ja estiver andando.
Dezembro tambem e meu mes.
Bjss

Anônimo disse...

Oi Larissa,tenho uma princesa de 1 ano e 6 meses e olhando a foto das papinhas que você prepara para teu bb , me lembrei de um site que usei bastante, como base para a alimentação da minha gatinha.derrepente você já conheça. espero que goste é papinha-gourmet.com.Abraços, vc é demais! Fernanda- Porto Alegre, rs

Dê =) disse...

Queria pedir um favorzão, se posssível, vc poderia dar exemplos de lanches lights p noite, pois nós costumamos lanchar, mas acho q acabo optando por coisas nada lights :(
Ontem a noite por exemplos fiz sanduiche natural com frango desfiado, milho, petit pois, maionese light no pão integral, eu comi meio e marido 1 e meio :p
Mas geralmete é algo mais gorduroso tipo pizza, cachorro quente, essas coisas :(
Obrigada e desculpa o encomodo
Bjs

Anônimo disse...

conselho de mãe !!!fui mãe nova sem babá sem empregada ,agora minha princesa ja tem 5 anos ,viajei muito com ela é sofrido !!!cansativo ,por gostar de viajar deixei as frescuras de bebe de lado, carrinho pequeno simples e leve ,aprendi a sair com bolsa somente com o básico.deixar dormir no carrinho ,mas no final da certo!!!!e com um pai q ajuda fica mais fácil !!!bjocas

Anônimo disse...

Te acompanho faz um tempão, mas essa é a primeira vez que comento porque tenho uma sugestão que acho bem legal. Vai pra Fortaleza!!! O lugar é incrível e o Beach Park é perfeito para criança. Tenho um filho de 7 anos, mas ele é autista, e por isso, tem o comportamento de um bebê. Fomos pra Orlando em agosto e não conseguimos aproveitar a viagem. Espero ter ajudado. Um beijo pra vc e pro seu japinha

Nellye disse...

Esse post foi D E L I C I O S O !!! Sincero, simples e ao mesmo tempo extraordinário pela riqueza de conteúdo. Não sei como vc consegue ser tão sucinta e ilustrar tão bem seus relatos.Parabéns pela capacidade de adaptação e por toda superação, nas diversas etapas da sua vida. É o jeito "Larissa de ser". Beijo grande.

Ção disse...

Olá, Larissa
Acabei de voltar de uma pousada em Camburi, litoral norte de São Paulo, estava cheio de bebes, pensei até que fosse a especialidade deles, rsrs
Tinha uns 3 ainda de colo, umas gêmeas com 1 ano e 3 meses e outros tantos já andando (e eu morrendo de medo que eles se jogassem na piscina).
Na pousada tinha espaço para a preparação da alimentação de bebe e para os maiorzinhos cardápio infantil. Talvez seja uma opção.

Wilma disse...

Também não sei quem está certa, a Vamos Viver ou o Mais Disciplinado, prefiro apostar no meio termo, porque fui criada sem disciplina e até hoje, não consigo ser disciplinada e penso que isso se aprende na infância, e Tempo sabendo usar não vai faltar, né?! vide você, só não dá pra ser exímia em tudo,né? Concordo q é melhor deixar pra viajar mais tarde, minha filha quando pequena, viajando sempre ficava com febre: ambiente diferente, virus diferentes, cansava viu...na ida e na volta, mas pela preocupação de mãe de primeira viagem que detestava usar remédio. Bons estudos!!

Juliana disse...

Eu notei qdo mudei para fora do Brasil o quanto o Brasileiro arruma bem a casa! : D No Brasil a maioria tem acesso a algum tipo de ajuda profissional (passadeira, empregada etc). Lógico, muita gente não tem nenhuma ajuda e mantém uma casa impecável! : ) Aqui as pessoas tendem a não ligar tanto pra essas coisas... Eu só passo as camisas do marido e olhe lá. O resto e tudo do jeito q saiu da maquina. A casa eu mantenho limpa mas não tanto quanto antes especialmente agora com o meu bebe. Lavar janela etc só no dia de São Nunca ; D A vida e muito corrida, a gente tem que aproveitar mais as coisas boas. Tudo com equilíbrio claro. Larissa você esta fazendo um ótimo trabalho. A casa nunca mais e a mesma com filhos, não se estresse tanto pois não vale a pena viu? Você esta indo muito muito bem pelo que escreve nos seus posts. Se orgulhe muito, você merece! Beijos pra vocês

Juliana disse...

Eu fui e voltei do Brasil (moro na Austrália) qdo meu filho tinha 5 meses. Ele dormiu a maior parte do tempo no avião mas foi muito cansativo pra gente. Viagem assim longa e internacional e difícil pq vc pode estar com jet lag, extremamente cansada, mal, mas não pode simplesmente deitar e dormir ou tomar um banho qdo chega no hotel, vc tem que acomodar o bebe primeiro. Aí qdo eles ficam mais "moveis" tem o problema oposto de tentar manter um bebe q só quer saber de engatinhar/andar sentado no seu colo no avião. Comece com viagens locais de fim de semana, tipo q de pra você voltar logo e facilmente pra casa caso seu bebe esteja com extrema dificuldade de dormir por ser um ambiente diferente ou fique doentinho... Falo por experiência própria ; )

Márcia Morais disse...

Larissa, o Rio é muito bom viu, eu sou suspeita porque amo o Rio de paixão, mas o que não falta é lugar bom e bonito para passear...E vc pode ficar no Leblon, que tem aquele espacinho do Baixo Bebê pra seu filhote!

Carmen Malta disse...

E com quem fica o baby? Se você não tem empregada?

Bianca Sales disse...

Adoro seu blog. Também fiz um http://vidaminhadebiancasales.blogspot.com.br/ visitem. Beijos!!

Bruxa do 203 disse...

Que sonho uma vida sem regras! Seria ótimo conseguir chegar a essa perfeição.

Gleysa Lopes disse...

Otimas dias para as mamaes!! Eu tb adoro a pampers!! testei outras mais a melhor e ela!

eu tb tenho que estudar..kkkk

Bjs
Gleysa
www.demamaeursa.com

Anônimo disse...

Larissa, vi que vc falou de tudo um pouco mas eu fiquei curiosa e não achei a resposta, o seu bebê fica com quem quando vc está trabalhando? Você colocou ele numa creche ou hotelzinho? Sou mamãe de uma garotinha de 3 meses e ja estou com o coração apertado quando tiver que voltar a trabalhar. Beijos e adoro a sua determinação. Erika.

Anônimo disse...

Ahh, venha pra Santa! Minha terra, rsrsrs! Aqui é maravilhoso, terá cidades lindas para conhecer... se vier para Garopaba me avisa! Imagina te conhecer pessoalmente?! rsrs... sou fã do "jeito Larissa de ser".
Parabéns! Vc é um exemplo! Não sei como consegue administrar tudo. Grande bj. Tatiane

Cris e Juarez Jr disse...

Ahhh quem me dera um restaurante a quilo pertinho de casa (e com comida saudável e gostosa). Daria meu dedinho por isso :) pois facilitaria e muito minha vida.

Bjs

Anônimo disse...

você é uma mãezona!!! é muito legal ver que em algumas pessoas a maternidade se adapta tão bem! geralmente é um drama danado!

Anna Joanna disse...

Ser mãe, esposa, trabalhadora...aahh tantas funções nós temos hoje em dia.. rsrs

Moni Kuhnen disse...

Bem pra Floripa! :))))) Acho que todos os brasileiros gostariam de conhecer... Maaasss, a verdade é que o trânsito anda chato aqui... então talvez isso não iria agradar. Sejamos sinceros. Bjo!

http://averdadeiramonica.blogspot.com

Anônimo disse...

Faltou só mencionar a creche/a vovó/ou quem te ajuda e fica com o baby para vc poder trabalhar...

Anônimo disse...

(OBS -não precisa publicar)
Vc é uma pessoa admirável, não é à toa que sempre venho aqui. Só acho que reconhecer a ajuda que tem (no caso, para poder trabalhar) não diminui em nada seu valor, pelo contrário, todos nós precisamos de colaboração para dar conta das tarefas. E não há nada de errado nisso. Parabéns por tudo)

Simples Assim disse...

Mulher de verdade é bem assim mesmo "faz tudo" , mais que os homens até .
Sou dessas também.

Bjs

Cristina disse...

Olha vou dizer que fazer tudo sozinha nao é facil, eu tb faço, e ainda cozinho todos os dis. que correria, mas é gostoso demais .... minha filha me deixa cada dia mais feliz e mais forte.

Cristina disse...

Olha vou dizer que fazer tudo sozinha nao é facil, eu tb faço, e ainda cozinho todos os dis. que correria, mas é gostoso demais .... minha filha me deixa cada dia mais feliz e mais forte.

Anônimo disse...

Eu ao longo desses 5 anos sendo mãe, descobri que menos é mais. Ainda estou aprendendo..é árduo, mas quero levar minha vida com mais leveza. A minha mãe e a bisa dos meus filhos têm muito orgulho em dizer que a casa sempre esteve limpa e extremamente organizada quando tinham filhos pequenos. O meu orgulho é deixar meus filhos pintarem a parede do quarto deles...li em algum lugar "crianças construindo memórias" quero que a deles sejam boas memórias. bjs Aline

Devaneios de Mulher disse...

2013 preciso praticar isso. sou muito regrada e em casa não curto bagunça. As vezes fico com dó, pois pego pesado com as meninas!
Adoro o jeito que você escreve!

Beijo

Tati

Cláudia disse...

Larissa, minha vida não é nada diferente. A diferença é que não tenho faxineira e eu cozinho! rssrsrsrs Mas abri mão da casa impecável pq me rendeu um mega estresse e quase acabou em divórcio! rsrsrsrs Juro, não vale mesmo a pena! Curta sua família, seu bebezinho ao máximo, como já disse, nunca mais ele será um bebê. Se prepara pra quando ele começar a engatinhar e querer andar. As coisas ficam bem cansativas, mas passa logo!
Bjo.

Luciana disse...

que gostosa essa fase da sua vida, vc sem dúvida é uma grande mulher.

Bruna disse...

Muitas funções e uma Larissa, parabés!

Se puder me visita, tambem estou na luta pelo emagrecimento...

http://umnovofimparaumvelhocomeco.blogspot.com.br/

Francielli disse...

Adoro suas dicas, leio diariamente o seu blog.

E nas suas férias, vem para SC, numa dessas a gente se conhece, eu adoraria.

beijos

Anônimo disse...

Olá Larissa!

Também sou mãe de primeira. Meu bebe tem 1 ano e 11 meses. Sou funcionária pública/advogada. Depois de várias decepções com baba, agora quem cuida do bb é o pai (deixou o trabalho para levar na natação, no paquinho, na brinquedoteca, no dentista, médico, dar banho: quase tudo)...
Tenho empregada de 7 às 16 h..fiquei pasma como vc dá conta de tudo... e ainda emagrece e fica linda!!!
Dá mais dica pra nós...
Onde ir nas férias com bebe? Caldas Novas!!! O meu adora, vamos para lá em janeiro. Fiquei no Hotel Turismo dentro do Hot Parque.. adorei, mas vou procurar um mais barato dessa vez...

abraço

Marcela disse...

Olá Larissa! Te acompanho a muito tempo, mas nunca postei nenhum comentário. Hoje me identifico muito mais com vc, pq agora vc tornou-se mãe. Tenho uma linda garotinha de 1 ano e 3 meses. Passei por muitos aperreios quando era apenas uma bebezinha, e passo até hoje. Vejo vc assim tão disposta, mesmo com tanto trabalho e a minha admiração por vc só cresce. Mas tem uma pergunta que não quer calar: quem fica com seu bebê quando vc vai trabalhar ou quando sai pra algum lugar para fazer compras (tipo a 25 de março)? Sei que o blog é sobre emagrecimento, mas acho que um post sobre isso iria ser bem legal e renderia muitos comentários. Um grande abraço! Marcela