quarta-feira, 16 de março de 2011

Tunico !

O gatinho de família: Tunico, cinzinha carinhosinho, foi embora essa semana. Está lá com o Gordo no céu. Ia postar uma foto dele, mas choro. Para quem está aqui há muito tempo sabe que Tunico teve uma força danada ao superar as complicações de um acidente que resultou na amputação do rabo e de uma das patas e a impossibilidade de fazer xixi sozinho, além de andar se arrastando. Durante quase quatro anos, minha irmã o ajudava a fazer xixi, apertando a sua bexiga. Os veterinários diziam que o tempo dele seria curto em razão das complicações no trato urinário, mas o cinzinha ficou muito tempo com a gente. Essa complicação grave veio agora e com tudo e levou o cinzinha de nós. Bom. É isso. Perder um bichinho desses é dolorido demais. Tento pensar que agora ele "descansou", mas é difícil lembrar dele sem  sentir uma extrema saudade. Tuuu ... Tuuu ... pra sempre.
Hoje doei sangue e fiquei em casa. Não tava com saco para trabalhar. Definitivamente. 


Pin It now!

47 comentários:

Thássia S. disse...

Mas vc vai ficar bem... As coisas são assim mesmo!!! Olha, PARABÉNS por doar sangue!! É um gesto maravilhoso!!! bjkss

Betina. disse...

sinto muito pelo gatinho..
espero que fique tudo bem. beijos


gobetina.blogspot.com

Soraya disse...

Oi Larissa.... Acompanho seu blog desde o gato-vaquinha, e sei que você é uma pessoa maravilhosa com uma incrível capacidade de dar e receber amor (o que é cada dia mais raro nesse mundo). Fiquei desesperada quando vc postou a notícia no Twitter, mas, tenho certeza de que ele foi muito amado durante todo o período em que esteve com você e que por mais absurdo que pareça para algumas pessoas eu sei que Deus deve ter um lugar para os animais pois são mais puros e evoluídos que muitas pessoas. Nunca perca sua essência, nem essa docilidade ...

Adriana disse...

Ai que triste, mas infelizmente é assim mesmo, um dia eles nos deixam, adoro animais e tenho uma dashshund, a Mel, que é minha companheira inseparável nesse tempo que venho estudando para concursos, ela fica aqui na minha mesa deitadinha no travesseiro dela...amo isso e me emociono só de pensar em perdê-la...espero que vc se recupere logo, beijos!

Só não vence quem desiste disse...

Oi Larissa, passei aqui para dizer que sinto muita pela perda... Quando um animalzinho meu morre eu sinto como se estive-se perdendo um parente muito próximo...(triste) Acredito num céu lindo cheio animais que já cumpriram sua jornada aqui na terra!!! Bjus

Anônimo disse...

Tomara que essa dor passe logo e tome lugar a saudade... Eu lembro que ele fez até fisioterapia. É realmente uma pena! Mas não podemos ser egoístas em querer alguém do nosso lado mesmo que seja sofrendo.
Mtos bjos.
Cláudia.
claudiamatos1976@hotmail.com

Anônimo disse...

nossa acompanho o blog desde sempre e lembro bem da saga do tunico...eh vc soh pode pensar assim q ele descansou foi em paz....
bjs no coraçao

amanditas.com disse...

Olá,

Sinto muito pelo Tunico. Tive um gato siamês q viveu mais de 20 anos e a despedida foi realmente dolorida e difícil. Eu me despedi dele várias vezes na tentativa de libertá-lo, afinal ele estava muito velhinho e debilitado, não havia mais o que fazer.

Já pensei em adotar outro gatinho mas ele é insubstituível.

Bjos, força e melhoras,

Amanda

Jóy- Mudando de Vida! disse...

Ahhh triste mesmo!!

Michele K disse...

Ai que chato... Realmente perder um bichinho é como perder alguém da família... Mas... fique bem tá. Um beijo!

larikoche disse...

Pois é para nós que gostamos de animais sempre sofremos quando acontece algo com eles semana passada meu labrador foi atacado por um rotwailler quase morri ele se machucou bastante, mas graças a Deus ele ta bem agora fiquei tão mal com isso que fiquei pensando no dia que ele partir vou ficar muito mal porque amo ele muito, vejo nele uma alegria de viver, que muitas vezes não vezes não vimos nas pessoas...

Anônimo disse...

Oi, Larissa, que triste...Mas a vida é assim mesmo... fica na paz (LILIAM).

Anna disse...

Realmente! Ele descansou! Ficaram as lembrancas...
Sei bem o que vc esta sentido! E muito triste perder um bichinho de estimacao!

Amira Saleh disse...

Perder um animalzinho querido é sempre triste, sei como é..sofro sempre!
Lindíssimo o seu gesto de doar sangue. Sei que é egoísta, mas nao consigo doar pois tenho pavor de agulhas, só faço exames de sangue quando necessário.
Adoro seu blog.
Bjos

Aninha **Fairy** disse...

Oi lari!!
Que triste saber do Tuniquinho...
Ele era muito carinhoso e realmente superou muitas expectativas!
Me lembro de quando o vi pela primeira vez... Que gatinho mais lindo!!!

Uma pena!
Uma perda!

Fernanda disse...

Oi Larissa! Sinto muito mesmo.
Tenho dois cachorros em casa, sei como seria duro perde-los!
Mas fica bem, acho que ele está melhor agora!

Tudo de bom para você!
Beijos

Fabi Sereia... disse...

Oi querida, lembro da história do Tunico, sempre vinha aqui..Adoro gatos, o meu Félix morreu envenenado..
Espero que fique bem...beijo

Vinha disse...

É... só quem é apaixonado por animais consegue sentir isso...
E eu, como você, sinto muito pela perda.
Bj,
Flávia (veterinária)

Lucilene disse...

Meus sentimentos Larissa, nem sei o que dizer. É muito triste mesmo perder um animalzinho que tanto amamos, nem gosto de pensar nisso!
Que coincidência, eu ia doar sangue hoje também, mas como tomei remédio não pude.
Beijos

Anônimo disse...

Que triste, da muita saudaade néé... Mas tenho certeza que vc fez o que pode por ele, e ele foi o mais feliz possível, é melhor ele descansar do que ficar sofrendo em vida! Tem tanto gatinho na rua passando fome precisando de um lar, eu sei que quando agente perde aquele que se foi é insubstituível e agente não quer as vezes pegar outro por medo de sofrer de novo né, mas eles fazem tão bem pra gente né, dão tantas alegriass, adota outro!! Fica beeem, beijo

Camila Vechini disse...

Eu lembro do Tunico...Sinto muito.

Lih disse...

Ai menina..é barra mesmo, ha umas semanas perdemos um gatinho, era castrado e adulto, mas vira lata e saía passear pelo telhado, meu pai o encontrou morto de manhã embaixo da máquina de lavar, não miou, não tinha nada, tenho certeza que foi veneno...que tristeza, as pessoas envenenam gatos..
Agora, por outro lado estou feliz, porque adotei um gatinho sexta feira, ele é bem filhote e o nome dele é Tommy, está aprontando todas aqui em casa rs

Vanessa disse...

Dá um aperto no coração...
beijos

luizef disse...

Larissa!
Atualmente tenho 17 gatos aqui em casa... já perdi vários deles e sei bem a dor q vc está sentindo. Há pouco mais de um mês perdi o Pinhão, q tinha insuficiência renal, e foi definhando aos poucos, pobrezinho. Eu acredito muito que quando eu também partir, vou reencontrar todos eles... vai ser muito bom matar toda a saudade que sinto de cada um.
Um grande abraço pra vc...

D. disse...

Tenha força! É muito dificil perder o bichinho que a gente ama. Eu lebro da época do Gordo também. Muita força pra vc!
Beijo

Elisabete disse...

Acompanhei qdo o Tunico foi atropelado. Acompanhei o cuidado que tiveram com ele. Ele era um fofo mesmo.
No meu blog, meu último post (ou penúltimo, pois ando sem saco de escrever), escrevi exatamente sobre meu cão que se foi há um ano atrás.
Supere, ele te amou muito.

Michelle Corgozinho disse...

Oi, Larissa, bom dia!!!
O mais importante de tudo foi o carinho e atenção que deram ao Tunico e se era o momento de ele ir, acredito que seja uma forma dele descansar do sofrimento...
Mta força e sei como é perder um amiguinho assim de longa data, pois tive uma pastor alemão 13 anos. Chorava todos os dias, mas a dor se transformou em saudade!!!
Bjuxxx,

Tati disse...

Oi Larissa, desde criança tenho meus "peludos" por perto e, qdo chega a hora deles descansarem é uma tristeza só... sei o q vc está passando. É uma saudade absurda. Mas tenha a certeza que ele está feliz agora e, como qq amigo de verdade, não gostaria de t ver triste.
Fique bem!
Bjks

Juliana disse...

Olha força querida, só quem ama animais como nós sabe o que vc está passando !!!

beijos e mais beijos

Anônimo disse...

Perdi meu bichinho também por esses dias. O Nino, meu au au, morreu aos 16,5 anos, com uam parada cardio-respiratória. Ele já era cardiopata a mais de 4 anos e tomava medicações para isso.
Mas chegou uma hora que o coraçãozinho não aguentou mais e ele se foi.
Chorei feito criança... Mas o luto passou. Guardo todos nossos momentos comigo e continuo o amando muito, como sempre foi.
Enfim, é a lei da natureza.
Força, Lari. Ele está brincando com bolinhas de nuvens agora, pulando por ai com o seu Gordo e com o meu Nininho. E em melhor companhia não seria possível: a do Papai do Céu.
Bjos!!!

Cynthia

Fabiana disse...

Larissa,
Sinto muito pela perda do seu gato. Tenho uma cachorrinha e imagino como será qd ela for embora. Mas o que queria falar mesmo é sobre o post do aniversário e as fotos que vc postou. Mais uma vez parabéns pelo seu exemplo. Costumo visitar seu blog 1 vez por semana e toda vez que entro me sinto mto estimulada. Queria ter oportunidade de conhece-la pessoalmente e poder me inspirar cada vez mais em vc.
Parabéns mais uma vez!
beijos!

Aline disse...

Oi Larissa, que notícia triste viu. Dói muito qdo um amiguinho parte né. já perdi meu cãozinho que tinha desde os 5 anos de idade (ele viveu uns 13 anos). Doeu muito! Meus sentimentos!! beijos

Cha disse...

Lembro da época do acidente sim... E sinto pela partida dele...
outro dia o cachorro do meu namorado tb se foi... tinha 13 anos e fazia parte da família... muito triste.

bj

Anônimo disse...

Lembro dele sim e sei que é muito triste e da falta que ele vai fazer.

Beijos querida !


Felicidades !

Bernadete

Luta Diária (Natyelle) disse...

Nossa que triste, apesar de não ter animais de estimação, entendo como deve ser difícil a perca, mas força!

Bjos

Verinha disse...

que triste :( força

Verinha disse...

eu tenho um persa branco e uma poodle, os dois tem 10 anos, tomara que nunca chegue este dia ...
bjs linda

Patricia disse...

oi Larissa, força, que Deus conforte seu coração, amo gatos!!! e já passei por isso quando morreram... bjs

Anônimo disse...

Lembro quando o tunico sofreu o acidente como você descrevia o carinho que tinha por ele, só quem perde um bichinho sabe como essa dor incomoda. dias melhores virão. Ana

Ariana disse...

Sinto muito, nem quero pensar, tenho um cachorro, meu noivo tem dois na casa dele e mais um gato, aff amamos muito os bichinhos!!
bjsss

Anônimo disse...

Oi Larissa, vou te deixar um poema que me consola muito..bj

GATOS NÃO MORREM

Gatos não morrem de verdade:
eles apenas se reintegram
no ronronar da eternidade.

Gatos jamais morrem de fato:
suas almas saem de fininho
atrás de alguma alma de rato.

Gatos não morrem: sua fictícia
morte não passa de uma forma
mais refinada de preguiça.

Gatos não morrem: rumo a um nível
mais alto é que eles, galho a galho,
sobem numa árvore invisível.

Gatos não morrem: mais preciso
— se somem — é dizer que foram
rasgar sofás no paraíso

e dormirão lá, depois do ônus
de sete bem vividas vidas,
seus sete merecidos sonos.

De: ASCHER, Nelson.
.

Renata disse...

Faz muito tempo que venho aqui, mas tb faz muito tempo q não comento, às vezes só dá tempo de ler...
Lembro de td q aconteceu com o Tunico e sei que nada que eu disser aqui vai amenizar seu sofrimento.
Mas, espero q a dor passe logo e que fique apenas a saudade...
Força Lari...

Minha Mudança disse...

***Meus sinceros sentimentos .Mas tudo vai ficar bem...
bj

Andressa disse...

Oi querida!!

Eu perdi dia 10 de fevereiro (poucos dias antes do meu niver) meu melhor amigo que estava a 16 anos comigo, ganhei ele quando tinha 5 anos de idade de aniversário e eu não me recuperei. Dói demais mas é a vida!!

Um abração forte!!

Cindy Grimm disse...

Acompanhei aqui pelo seu blog todo sofrimento do seu gatinho e realmente uma pena q ele se foi.
Algumas semanas perdemos o gatinho lindo da tia do meu namorado e ontem perdemos a Nina uma cadela lindaaaa que ficava no sítio da minha irmã, essas perdas doem demais.
Beijos

Alessandra disse...

:-(
É sofrido demais perder um amigo!!!
bjs

boneca de porcelana disse...

Olá Larissa! Já há algum tempo que não passava no teu blogue... Que pena o Tunico ter morrido :( Lembro-me tão bem dele :(( ?